PCP

João Oliveira em acção de contacto no Mercado de Vila Viçosa

João Oliveira acompanhado de activistas da CDU esteve este sábado, dia 27 de Julho, em Vila Viçosa, numa acção de contacto com a população, produtores e comerciantes no mercado local, visitando posteriormente a Allstones 2019 e os vários espaços associados. Com o sério compromisso de prosseguir com o trabalho que a CDU tem desenvolvido na AR em defesa do distrito e mais concretamente na corda dos mármores, João Oliveira recordou as propostas que temos assumido e apresentado como o pleno aproveitamento da linha ferroviária Sines-caia para transporte de mercadorias e sectores nesta região, o alcance do direito ao regime especial de aposentação dos trabalhadores das pedreiras, assim como a necessidade de potenciar as actividades económicas que ali se desenvolvem, como sectores importantes não só para a região como para o país. É também este desafio que está colocado no dia 6 de Outubro, reforçando a CDU para avançar nos direitos e nas condições de vida, no desenvolvimento e crescimento da região.

João Oliveira participou na Festa anual do PCP, em Mora

João Oliveira, 1°candidato da CDU pelo círculo eleitoral de Évora às próximas eleições legislativas de 6 de Outubro esteve presente na festa anual do PCP em Mora (parque do Gameiro) que contou com cerca de 100 participantes. Na sua intervenção foi evidenciado o amplo trabalho desenvolvido pela CDU nos últimos 4 anos, no seu papel ímpar e determinante para os avanços verificados e tornando claro que não se foi mais longe porque o PS não o permitiu preferindo aliar-se a PSD e CDS e também às imposições do défice, penalizando o investimento e as respostas necessárias. Exemplo claro foi a votação sobre as alterações ao código do Trabalho. O que está em causa no dia 6 de Outubro é decidir entre avançar ou deixar andar para trás.

A Comissão Concelhia de Évora do PCP, manifesta a sua profunda tristeza pelo falecimento de João Manuel Horta Rodrigues

João Rodrigues era membro do Executivo da Comissão Concelhia de Évora do PCP, foi um homem profundamente ligado à sua freguesia – Torre de Coelheiros - e ao concelho de Évora, com uma intensa participação activa na vida associativa, social e politica tendo sido Presidente da Junta de Freguesia de Torre de Coelheiros entre 1979 e 2013 e actualmente assumindo o cargo de vereação na Câmara Municipal de Évora desde 2013, além de diversas funções associativas no plano local.

Militante comunista, homem de convicções e com um património de intervenção em defesa dos interesses das populações e do poder local democrático emanado de Abril, João Rodrigues dedicou grande parte da sua vida e das suas capacidades na construção de uma vida melhor para o povo da sua terra, com grande relevo para a sua intervenção no processo da reforma agrária, com a criação da Unidade Colectiva de Produção de Torre de Coelheiros e acção e luta pela afirmação da função social da terra sob o lema de “a terra a quem a trabalha”.

A Comissão Concelhia de Évora do PCP endereça à sua família o mais sentido pesar pela sua perda.

O Secretariado da Comissão Concelhia de Évora do PCP

Sobre a deliberação da ERC - PCP tinha e tem razão: TVI mentiu e caluniou

A Deliberação da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) hoje conhecida sobre a operação que visou a honorabilidade do Secretário-geral do PCP, confirma o óbvio – a campanha persecutória que a TVI desenvolveu ao longo de dois meses baseou-se, como o PCP sempre denunciou, em mentiras, calúnia e difamação.

O que a ERC agora confirma é o que desde o início esteve patente. Nos termos usados pela ERC: verificou-se o «incumprimento cabal» por parte da TVI «dos deveres de precisão, clareza, completude, neutralidade e distanciamento no tratamento desta matéria, o que originou a construção de uma reportagem marcadamente sensacionalista, sendo factores que fragilizam o rigor informativo por contribuírem para uma apreensão desajustada dos acontecimentos por parte dos telespectadores».

 

Continuar...

PCP: SITUAÇÃO DE SECA – IMPÕE-SE ACTUAR!

pcp

A situação que se vive actualmente na região, com o agravar da situação da seca com as consequências que provoca, revela tal como referimos em 2 de Fevereiro de 2018 em iniciativa que promovemos, que a realidade actual evidencia a enorme fragilidade para se ultrapassar a situação. Tal fragilidade resulta das opções da política de direita protagonizada por PS, PSD e CDS, de não concretizar investimentos previstos ao longo dos anos e na falta de capacidade de armazenamento de água necessária para responder aos efeitos da seca.

Fragilidade que se acentuou com o aumento dos períodos de seca e pela opção por uma agricultura, caracterizada pela intensificação do uso da água e da terra, numa lógica de acumulação de capital de que em vastas áreas da região a vinha e o olival são a principal expressão e cujo efeito a médio longo pode ser nefasto, no plano económico, social, ambiental e paisagístico.

Continuar...

PCP questiona Governo sobre dificuldades no funcionamento do Serviço de Urgência Básica (SUB) de Montemor-o-Novo

pcp

Através do despacho nº 5414/2008, de 28 de fevereiro, são definidos e classificados os serviços de urgência que constituem os pontos de Rede de Referenciação de Urgência e Emergência.

Ora, conforme informação chegada ao Grupo Parlamentar do PCP o SUB (Serviço de Urgência Básica) de Montemor-o-Novo continua a ser um SUB apenas na sua designação uma vez que os serviços mínimos definidos pelo Despacho 10319/2014, de 8 de novembro continuam a não ser assegurados.

A falta de permanência de dois médicos, dois enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica de áreas profissionais adequadas de acordo com a diversidade dos exames a efetuar, a falta de um assistente operacional com funções de auxiliar de ação médica e um assistente técnico, por equipa, são uma realidade.

Continuar...

PCP questiona Governo sobre medidas de controlo dos javalis no âmbito da prevenção da peste suína africana

pcp

Têm surgido publicamente preocupações com a existência de peste suína africana em vários países da Europa e a necessidade de medidas de prevenção em Portugal.

 

Sendo certo que Portugal e Espanha não vivem situações de preocupação como as que atingem já outros países europeus, nomeadamente a Bélgica, a verdade é que se torna absolutamente necessário considerar medidas adequadas para evitar que o problema surja, em especial nas regiões fronteiriças como o Alentejo.

Continuar...

Temos 49 visitantes e sem membros em linha

Copyright © 2019 Organização Regional de Évora do PCP. Todos os direitos reservados.
Joomla! software livre. Licença GNU GPL.
Friday the 23rd. Joomla Templates Free. Organização Regional de Évora do PCP
Copyright 2012

©

joomla visitors