PCP continua a luta pelo reforço de meios e condições nas escolas de Évora. Saudamos a decisão tomada na última reunião de Assembleia Municipal de Évora. Lamentamos posição PS e PSD ao rejeitarem as medidas necessárias

Criado em segunda, 11 março 2019, 10:45
 

 

OS PROBLEMAS NAS ESCOLAS DE ÉVORA TÊM ANOS, AVOLUMADOS DESDE 2009 POR DECISÃO DA GESTÃO PS

Há anos que os problemas nas escolas em Évora são sentidos, com expressões e necessidades distintos mas com 1 denominador comum:

 

- A falta de mais de 30 funcionários

Em 2009 pela Gestão PS na CM, foram aceites competências que não podia, nem devia ter aceite.

Esta decisão teve consequências bem visíveis, quer no plano de funcionamento, das necessidades, na segurança e da impossibilidade das autarquias (neste caso a de Évora) nas respostas que se exigem.

Desde o início do ano lectivo 2018/2019 ficou ainda mais evidente as necessidades de funcionários, pois o Município recusou continuar a arrastar uma situação insustentável colocando ao Governo do PS que teria de assumir as suas responsabilidades.

 

A EXIGÊNCIA AO GOVERNO DO PS QUE ASSUMA O SEU PAPEL NA EDUCAÇÃO É JUSTO E NECESSÁRIO

- É justo porque é ao Estado Central que cabe a universalidade do acesso à educação e não a cada município.

- É necessário porque a falta de meios humanos, particularmente funcionários só é possível responder pelo Governo

 

A comunidade educativa expressou amplamente esta vontade e posição:

 - É urgente porque esta posição resulta de um profundo sentimento ligado à realidade sentida e amplamente manifestado na audição que a AM promoveu no final do anterior ano lectivo por pais, trabalhadores, agrupamentos e professores.

 

A AM DE 28 DE FEVEREIRO DISCUTIU PROPOSTA DA CM SOBRE A REVOGAÇÃO DO CONTRATO DE EXECUÇÃO.

O QUE ESTEVE EM CIMA DA MESA NESTA REUNIÃO FOI A ESCOLA PÚBLICA, UNIVERSAL E DE QUALIDADE.

PCP acompanhou a proposta e valoriza ela ter sido aprovada pela maioria dos eleitos na AM, mas não pode deixar de lamentar o voto contra do PS e do PSD.

 

Depois de ter aceitado estas competências, gerando grande parte dos problemas hoje sentidos, o PS teima em querer travar as soluções necessárias e daí o voto contra.

O PSD revela que o discurso não coincide com a sua acção. Mostra-se muito preocupado com a situação e chumba as medidas para procurar resolver.

 

Para o PCP é urgente que o Governo assuma as suas competências e responsabilidades. Temos estado junto da comunidade educativa a ouvir as suas preocupações, temos intervindo nos mais diversos espaços, junto de pais e trabalhadores. No quadro da AR entregámos um requerimento para a chamada do Ministro à AR por causa da falta de funcionários nas escolas em todo o país que teve já como resposta o anúncio do Governo da contratação de mais de 1000 trabalhadores auxiliares.

Temos 83 visitantes e sem membros em linha

Copyright © 2019 Organização Regional de Évora do PCP. Todos os direitos reservados.
Joomla! software livre. Licença GNU GPL.
Saturday the 23rd. Joomla Templates Free. Organização Regional de Évora do PCP
Copyright 2012

©

joomla visitors