ENCONTRO CDU EM MORA COM DETERMINAÇÃO E CONFIANÇA

Criado em domingo, 12 fevereiro 2017, 12:45

[mais]

O Centro de Trabalho de Mora do Partido Comunista Português foi pequeno para acolher as dezenas de pessoas vindas das quatro freguesias do Concelho, que, no passado sábado dia 4 de Fevereiro, participaram no Encontro Concelhio promovido pela CDU – Coligação Democrática Unitária sobre o “Compromisso Eleitoral da CDU”, no quadro preparatório das próximas eleições autárquicas, que terão lugar em finais do próximo mês de Setembro, início de Outubro.

A iniciativa, que contou com a participação de Diamantino Dias e Eugénio Pisco, ambos do Comité Central do PCP, mais do que se debruçar sobre o balanço do trabalho muito positivo realizado pelas autarquias no Concelho de Mora, dando cumprimento ao Programa Eleitoral largamente sufragado pela população em 2013, apontou sobretudo para o futuro, apresentando ideias, propostas e medidas concretas, que serão tidas em linha de conta aquando da preparação do “Programa Eleitoral” para o mandato de 2017-2021, em sintonia com os princípios da participação popular e da proximidade às populações, eixo fundamental do estilo de exercício de poder da CDU, assente numa política de verdade e transparência com as populações.

Propostas que afirmam o carácter distintivo da CDU que, como nenhuma outra força política, se pautou pelo rigor posto na gestão urbana, na valorização do espaço público, na atenção dada ao ambiente, na concretização em níveis superiores de prestação de serviços básicos, opções e critérios de igualdade e justiça social.

CDU que tem, no Concelho de Mora, um invejável património construído colocado ao serviço das populações, mas igualmente um património político na defesa intransigente dos interesses e direitos dos trabalhadores e do povo.

CDU que luta contra todas as tentativas de retirarem direitos e serviços ao Concelho, nomeadamente no domínio da educação e da saúde.

CDU que, no Concelho de Mora, tem afirmado de forma coerente e corajosa a necessidade do carácter público da gestão, denunciando e combatendo a fúria privatizadora que tem dominado a política nacional nos últimos anos, de que o exemplo da água, que é aqui nossa, é revelador. Na verdade, o governo teima em apostar numa descentralização desastrosa, que a verificar-se colocaria em causa a universalidade do serviço público, mas rejeita transferir novamente para as autarquias a gestão da água, pondo, assim, termo a uma situação que levou ao endividamento de muitos municípios, com custos muito grandes para as respectivas populações, enquanto as empresas privadas enchem os bolsos, fazendo de um bem que é público, porque é de todos, uma simples mercadoria.

No decurso do Encontro, foi igualmente definido o calendário da intervenção política, da composição das listas, das iniciativas a concretizar no âmbito das eleições autárquicas, nomeadamente a realização de plenários da CDU em todas as freguesias do Concelho, a elaboração de um documento concelhio de prestação de contas à população, e afirmada a importância de uma participação significativa de militantes e amigos no Plenário Distrital da CDU do próximo dia 4 de Março bem como no Encontro Nacional do PCP a realizar no dia 8 de Abril.

 

Na intervenção final, Eugénio Pisco realçou as contradições existentes entre o programa eleitoral do PS e a sua prática política, dando como exemplo a sua paixão pelo Poder Local, paixão que afinal se traduz nomeadamente no incumprimento da Lei das Finanças Locais. Enfatizou ainda as contradições das propostas do PS para a chamada democratização das CCDRs, procurando através deste expediente fugir à necessidade imperiosa da regionalização inscrita na Constituição, e ainda a proposta do PS de transferência para as autarquias de novas competências, quando no passado foi o mesmo PS, mas também o PSD/CDS-PP, a retirar autonomia às autarquias; PS que impôs pesadas restrições em matéria de pessoal, que congelou as carreiras, o que na prática se traduziu no congelamento dos salários e no empobrecimento dos trabalhadores.

A CDU encara, no concelho de Mora, esta batalha eleitoral com Determinação e Confiança pelo sentido de responsabilidade que os seus eleitos colocam no exercício das suas funções, pela voz que dá nas autarquias aos problemas, aspirações e reclamações das populações que, de outra forma, seriam esquecidos e desprezados.

Para tal, temos, como afirmou muito recentemente Jerónimo de Sousa, Secretário-Geral do PCP, as ferramentas necessárias:

TRABALHO, HONESTIDADE E COMPETÊNCIA!

 

 

Fevereiro 2017

A Comissão Coordenadora da CDU

Temos 76 visitantes e sem membros em linha

Copyright © 2017 Organização Regional de Évora do PCP. Todos os direitos reservados.
Joomla! software livre. Licença GNU GPL.
Thursday the 23rd. Joomla Templates Free. Organização Regional de Évora do PCP
Copyright 2012

©

joomla visitors