O DISTRITO DE ÉVORA PRECISA DE UM PCP MAIS FORTE

Imprimir
Categoria de topo: Ligações
Criado em terça, 05 junho 2018, 21:42 Publicado em:
A IX Assembleia da Organização Regional de Évora do PCP (AOREV), constituiu um importante momento de reflexão e de discussão das medidas para o reforço do Partido no Distrito de Évora e na discussão ficou patente que é possível e é preciso um PCP mais forte. Mais de 230 delegados e dezenas de convidados, estando ainda presentes camaradas dos organismos executivos do Comité Central e o Secretario Geral do PCP Jerónimo de Sousa. Na Assembleia intervieram cerca de 40 delegados, que ali levaram a prestação de contas da actividade das respectivas organizações, mas também análise e propostas para o trabalho futuro. Além da analise das diversas áreas de trabalho foram apontadas medidas para o reforço do trabalho partidário nas empresas e locais de trabalho, nas diversas áreas institucionais, preconizando linhas de força para os próximos actos eleitorais, assim como aspectos colocadas em muitas outras importantes intervenções. Foram aprovadas três moções, sobre a Paz, sobre a construção do Hospital Central Público do Alentejo, a construir em Évora e uma outra sobre a tentativa de Descentralização para as Autarquias das diversas funções do Estado, todas elas aprovadas por unanimidade e aclamação. Foi ainda decidido enviar uma saudação ao 2.º Congresso do Amalentejo a realizar dias 30 de Junho e 1 de Julho, em Castelo de Vide.
 
 
A proposta de resolução política na qual foram introduzidas alterações foi aprovada por unanimidade e aclamação. Salientar que nela estavam contidas mais de duas dezenas de medidas prioritárias para um distrito mais justo e solidário, entre outras salientamos: Valorização dos trabalhadores; Investimento público para o desenvolvimento e a qualidade de vida; Defesa da produção e dos sectores produtivos; Administração e Serviços públicos ao serviço do distrito e das populações.
 
A IX Assembleia elegeu ainda uma nova Direcção da Organização Regional de Évora, uma eleição por unanimidade e aclamação, de um organismo amplo, onde vários dos seus elementos pela primeira vez integram este organismo. Esta iniciativa confirmou que o PCP cresceu desde a última Assembleia, assim como existiu rejuvenescimento e conforme foi afirmado na AOREV existem muito boas condições para se alargar a influência do Partido. Foi uma iniciativa, não a olhar para o passado, mas antes a priorizar o trabalho futuro e a definir objectivos orgânicos e políticos. Como dizia um dos delegados na sua intervenção, “como é possível os outros nos caricaturarem-nos, acusando-nos permanentemente de não termos ideias nem propostas, quando aqui está uma assembleia viva e cheia de entusiasmo com uma mão cheia de propostas concretas para o desenvolvimento do distrito de Évora, não existe conhecimento que mais algum partido, faça este tipo de iniciativas a pensar no distrito e na região”. Ali naquele espaço as cerca de 300 pessoas, não foram atrás de um líder, anteriormente eleito, não foram para a fotografia ou para as imagens, ali estiveram com convicções, sustentadas no projecto de sociedade que o PCP protagoniza, na defesa dos trabalhadores e das populações, sempre ancorado na classe operária e em todos os trabalhadores. Sim vivemos dias difíceis, a luta ideológica não dá tréguas mas como afirmou o Secretario Geral do PCP na Assembleia “aqui estamos, dispostos ao combate ao serviço dos trabalhadores, do povo e desta região e do País, sabendo que são grandes e exigentes as tarefas que a actual situação coloca ao PCP, mas tudo fazendo para as concretizar. Neste tempo exigente, com a força da organização, da militância, do seu ideal e projecto, em estreita ligação com os democratas e patriotas, os trabalhadores, a juventude, o povo português, o PCP toma a iniciativa e avança nesta luta que continua por uma política patriótica e de esquerda, por uma democracia avançada, inspirada nos valores de Abril, por um Portugal com futuro, pelo socialismo e o comunismo”.
 
Na verdade assim é, os trabalhadores e a população do Distrito de Évora, sabem que pode contar com o PCP, este é o partido, que não traiu nem trai os compromissos que assume. À Assembleia chegaram saudações de diversas estruturas sociais, económicas e políticas, a sessão de encerramento contou com a presença de vários convidados, entre os quais destacamos uma delegação do Partido Ecologistas os Verdes. Quem esteve nesta grande Assembleia sentiu a força do PCP, saiu mais ganho para as muitas e complexas tarefas que se nos deparam pela frente, mas com a confiança que este é o caminho para a Politica Alternativa Patriótica e de Esquerda que protagonizamos mas que exige a participação de todos e de todas as democratas que amam o seu País. O Lema da Assembleia foi UM PARTIDO MAIS FORTE COM OS TRABALHADORES, UM DISTRITO COM FUTURO, e na verdade verificámos um partido forte não perdendo uma oportunidade, para contribuir para a unidade e luta dos trabalhadores e por um distrito com futuro.
Copyright © 2018 Organização Regional de Évora do PCP. Todos os direitos reservados.
Joomla! software livre. Licença GNU GPL.
Wednesday the 26th. Joomla Templates Free. Organização Regional de Évora do PCP
Copyright 2012

©

joomla visitors